Mais de 40 000 dispositivos WebEye ativos

Entrar no sistema WebEye:
2014-02-12

Durante a década passada, as aplicações baseadas na tecnologia GPS, não só auxiliaram os motoristas através da navegação como também as próprias empresas de transporte com a monitorização da frota em tempo real, atingindo por vezes uma redução de custos na ordem dos 30%. Porventura, existem alguns campos, onde a utilização desta tecnologia ainda é surpreendente, mas atendendo ao curso da evolução deverá tornar-se uma ferramenta essencial.

Inicialmente os sistemas de GPS tinham como funções a localização e a segurança dos veículos. Atualmente é considerado um equipamento padrão.

“Na Europa Ocidental, a instalação de equipamentos de localização nos transportes e serviços públicos, é uma prática comum. Nessa condição, existe um aumento rápido e eficaz da qualidade do serviço. Em alguns casos pode até haver uma redução de 30% nos custos por veículo.” – Tamás Bagossy, Diretor da WebEye Hungria.

Um exemplo de monitorização de veículos através da tecnologia GPS são os transportes públicos. Com o apoio do sistema podem ser evitados congestionamentos de trânsito, em certos casos, os horários podem ser controlados em tempo real e a posição dos veículos pode ser calculada com precisão. Também reduz o tempo de reação em caso de avaria. Os aparelhos instalados nas paragens fornecem informação aos utilizadores de quanto tempo terão de esperar pelo transporte. Este tipo de solução traz retorno do investimento num período de 1 a 2 anos e reduções de custo a cada veículo.

Contrariamente à opinião geral, a tecnologia GPS não tem só como finalidade a localização. Os aparelhos instalados nos camiões de lixo permitem consultar qual a capacidade de armazenamento de cada veículo, permitindo a otimização de todo o processo de recolha.

“Existe a possibilidade de aplicar esta tecnologia a ferramentas usadas no setor da construção, e.g. Tivemos oportunidade de instalar uma unidade com um sensor de rotação numa betoneira. Este conjunto deteta a velocidade e a direção da rotação, o que ajuda a preservar a qualidade do material.” – Acrescentou o Diretor.

Este tipo de soluções, não são únicas. Atualmente a tecnologia proporciona o desenvolvimento de infraestruturas gerais, como E-Toll, aplicado em algumas regiões da Europa Ocidental e monitorização da lavoura no setor agrícola, além de rastreamento de dados de diagnóstico de diferentes veículos.

Em geral, aplicações baseadas na tecnologia GPS, ultrapassam os campos já conhecidos e, como resultado de um contínuo desenvolvimento, conferem cada vez mais funcionalidades aos utilizadores.